fbpx

Todos nós já sabemos que uma crise pode vir a qualquer momento. Seja pela economia do país ou por momentos ruins da vida, como o de está desempregado. Mas independente disso, você precisa estar preparado para organizar e controlar suas finanças com um planejamento financeiro.

Em uma análise feita pelo IBGE diz que o índice de desemprego subiu muito durante a pandemia, foi um dos piores momentos de desempregos da história.

Até o momento o cenário não é muito favorável, as empresas estão precisando se ajustar de diversas formas par se manterem no mercado. Seja com ajustes de preços ou na diminuição de funcionários na empresa. Isso para se manterem abertas. O momento precisa ser de compreensão entre ambas as partes.

Mesmo que muitos acreditem que a rescisão irá ajudar durante o período na qual estará desempregado, os especialistas recomendam se organizar financeiramente para que em caso de alguma surpresa você e sua família estejam preparados. Então se liga nas dicas abaixo de planejamento financeiro!

Planejamento Financeiro

Nunca se torne dependente da rescisão

FGTS, rescisão são dinheiros que por um tempo irão te ajudar a enfrentar a crise do momento. Mas não te dá estabilidade, lembre-se que este valor é para manter você até conseguir um novo emprego.

Se usar o valor que ganhou para quitar todas as dívidas você poderá enfrentar mais para frente momentos difíceis. Dê prioridade às contas emergenciais e essenciais. Alimentação e moradia devem ser sempre a prioridade.

Seja organizado e faça reservas de emergência

 

A maioria das famílias não têm planejamento financeiro e nas horas turbulentas chegam a passar dificuldades. Passamos por crise devido ao vírus e também por causa da economia, duas crises juntas que fizeram com que milhares tivessem dificuldade por simplesmente não terem organização financeira.

Então você precisa gerenciar tudo o que você tem de valores que tem disponível, gastos e investimentos. Coloque tudo na ponta do lápis e calcule tentando encontrar um meio de fazer estes valores perdurarem por no mínimo 3 meses. Use planilhas ou aplicativos para te ajudarem a ter este controle.

Corte excessos, é momento de fazer reservas. O especialista em planejamento financeiro estratégico Márcio disse:

“Este é um bom momento para conseguir analisar se está gastando demais”

Evite usar o máximo de cartão de crédito. De início parcelar tudo parece uma boa ideia, mas a medida que o tempo passa você verá suas dívidas se tornarem bola de neve.

Analise os gastos fixos mensais, veja quais que não são prioridades e corte. Fique com o básico durante este momento de economia, pode parecer difícil deixar de fazer ou ter algumas coisas, mas será pro seu bem!

É normal você passar em frente de lojas ou ir no mercado e dá vontade de comprar algo que você está sentindo falta. No entanto, se segure! Eliminar novas dívidas é uma exigência mínima para momentos de crise financeira.

Xbox Game Pass anualmente mais barato Wandinha já esteve em um filme da Marvel Veja o Salário de Jonathan Majors Usar cartão de crédito desempregado? TOP 10 animes imperdíveis