fbpx

Índice: Carreira de desenvolvimento de jogos

  1. Introdução
  2. O que é necessário para trabalhar com games?
  3. Faculdades no Brasil para formação em desenvolvimento de games
  4. Livros recomendados para iniciar na carreira de desenvolvimento de games
  5. Profissionais brasileiros de sucesso no exterior
  6. Conclusão

Trabalhar com jogos é o sonho de muitos jovens e adultos que são apaixonados por games e querem transformar essa paixão em uma carreira. Com o mercado de jogos crescendo cada vez mais, existem diversas possibilidades de atuação nesse segmento.

Neste artigo, vamos explorar o que é necessário para começar a trabalhar com jogos, as faculdades no Brasil para formação em desenvolvimento de games, os livros recomendados para quem deseja iniciar na carreira de desenvolvimento de games e profissionais brasileiros de sucesso no exterior.

O que é necessário para trabalhar com games?

Trabalhar com games exige algumas habilidades específicas, como conhecimentos em programação, design gráfico, modelagem 3D e outras áreas relacionadas. É importante estar sempre atualizado em relação às novas tecnologias e tendências do mercado de jogos. Além disso, é preciso ter uma boa noção de como funciona o mercado de jogos e quais são as oportunidades de carreira nesse segmento.

Faculdades no Brasil para formação em desenvolvimento de games

  1. No Brasil, existem diversas faculdades que oferecem cursos voltados para o desenvolvimento de jogos. Algumas das mais renomadas são:

  • PUC-SP: oferece o curso de Tecnologia em Jogos Digitais.
  • Universidade Feevale: oferece o curso de Tecnologia em Jogos Digitais.
  • Universidade Positivo: oferece o curso de Tecnologia em Jogos Digitais.
  • Universidade Anhembi Morumbi: oferece o curso de Tecnologia em Jogos Digitais.

Livros recomendados para iniciar na carreira de desenvolvimento de jogos

Alguns livros podem ser muito úteis para quem está começando na carreira de desenvolvimento de jogos, como:

  • Game Engine Architecture, de Jason Gregory: um livro voltado para programadores que desejam criar suas próprias engines de jogos.
  • The Art of Game Design: A Book of Lenses, de Jesse Schell: um livro voltado para designers de jogos que explora as diversas lentes pelas quais um jogo pode ser analisado.
  • A Theory of Fun for Game Design, de Raph Koster: um livro que explora a teoria por trás do que torna um jogo divertido e envolvente.

Profissionais brasileiros de sucesso em desenvolvimento de jogos no exterior

Existem diversos profissionais brasileiros que fizeram sucesso no exterior na área de desenvolvimento de jogos, como:

  • Rafael Grasseti: brasileiro que trabalha como artista sênior na Naughty Dog, responsável por jogos como Uncharted e The Last of Us.
  • Fabio Santos: brasileiro que trabalha como programador na Ubisoft Montreal, responsável por jogos como Assassin’s Creed.
  • Thiago Klafke: brasileiro que trabalha como designer de jogos na Blizzard Entertainment, responsável por jogos como World of Warcraft e Overwatch.

Conclusão:

Trabalhar com desenvolvimento de jogos pode ser um caminho muito gratificante para quem é apaixonado por essa área.

No entanto, é importante lembrar que o mercado de jogos é altamente competitivo e exigente, e é preciso estar sempre se atualizando e buscando novas oportunidades para se destacar. As faculdades e os livros mencionados neste artigo podem ser ótimas ferramentas para iniciar na carreira de desenvolvimento de jogos, mas é importante também buscar experiência prática, seja através de projetos pessoais ou estágios em empresas da área.

Além disso, é importante destacar que o mercado de jogos no Brasil ainda está em desenvolvimento e enfrenta diversos desafios, como a falta de incentivos fiscais e de investimento. Porém, mesmo com essas dificuldades, muitos profissionais brasileiros têm alcançado sucesso no exterior, mostrando que é possível se destacar nesse mercado mesmo sendo brasileiro.

Em resumo, trabalhar com jogos pode ser uma carreira muito gratificante, mas exige dedicação, atualização constante e muita paixão pela área. Se você tem interesse nesse mercado, vale a pena explorar as oportunidades e recursos disponíveis, e buscar se destacar com criatividade e habilidade técnica.