fbpx

Nesta semana o Diário Oficial da União publicou, que o Ministério da Cidadania, regulamenta o empréstimo com o Auxílio Brasil .

Com juros de apenas 3,5%  você poderá fazer seu empréstimo, algumas instituições financeiras estão com o juros menor ainda dependendo da negociação. Foi limitado o valor de 40% do repasse permanente aos R$400,00 do Auxílio Brasil, com base na Lei 14.421 publicada em Agosto. Desta forma o desconto máximo é 160 reais em 24 meses. 

Segundo o Governo o empréstimo com o Auxílio Brasil, garante que famílias que não possuem oportunidade de crédito possam ter acesso ao mesmo, sem pagar juros altos, e com isso consigam organizar suas dívidas e regularizar suas economias.  Uma Ação de Educação Financeira acontecerá com o uso deste Crédito, segundo o Ministério da Cidadania, um questionário será formalizado que medirá a capacidade e os conhecimentos de como administrar esse empréstimo. 

É notório que pessoas de Baixa renda ou em Vulnerabilidade não tem acesso a empréstimo com baixo juros, isso totaliza 70% das famílias.  Então já desejamos mesmo que essa ideia movimente todas as famílias para uma qualidade financeira, ou para um investimento. 

COMO INVESTIR COM O EMPRÉSTIMO ? 

A maioria das pessoas na hora de investir, que solicitaram empréstimo, pensam em sair do lugar de conforto e trabalhar duro para fazer esse dinheiro render. O empréstimo vale a pena quando gera um benefício a longo prazo. Com isso, uns optam por Renda Variável na Bolsa de Valores, ETFs ou fundos de investimentos. Como esses ativos têm um bom retorno financeiro, é uma opção  que vai pagar bem o juros do empréstimo e gera o lucro do investidor. 

Uns preferem investir na poupança, mas esquecem que como o investimento está ligado ao desempenho da taxa Selic, então é melhor analisar com calma se essa é a melhor forma de investir o seu dinheiro. 

É também um fato que algumas pessoas optam por seus donos do seu próprio negócio e com isso pegam o valor do empréstimo  para investir em um negócio que gere uma renda a longo prazo. Claro, procurando sempre um meio que tenha venda instantânea sem muito gastos em anúncios e propagandas. Geralmente esses negócios estão ligados a necessidades básicas, alimentação e vestimenta e moradia é o forte meio de compra de qualquer negócio. 

Se você quer montar um negócio de Alimentação, vai precisar seguir algumas estratégias que dão super certo!

  1. Ache um produto que tenha uma venda absurda na sua região e que você saiba como produzir
  2. Regularize toda a documentação necessária para você fazer a venda deste produto em sua loja.
  3. Escolha um local alvo, perto de centros comerciais que vão garantir destaque para seu produto. 
  4. Se você tiver um disque entregas isso vai potencializar seu comércio, já que os clientes buscam muito por Delivery 
  5. Variedade de produtos garante agradar vários gostos, estude o seu público e o que é pedido por ele e produza em sua loja. 
  6. O diploma não serve apenas para enfeitar sua parede, se profissionalizar no produto que vende, seja mais que qualificado. 
  7. Coloque Deus na frente de qualquer projeto e convide Ele para uma Sociedade! 

 

Entre os produtos de alimentos que mais vendem em primeiro lugar está o próprio mercado, com a sua variedade de opções e alta demanda, sendo o mais essencial no dia a dia da população. Abrir um mercado gera lucro imediato em pouco tempo. 

Se optar pela venda de pratos de comidas deixaremos descritos alguns alimentos que tem Ranking de vendas. 

  • Prato de Carnes 
  • Hambúrguer
  • Pratos de Frango 
  • Sanduíche
  • Sobremesa
  • Marmita
  • Sushi e Sashimi
  • Açaí 

São pratos que tem uma boa pedida e garantirá que seu empréstimo do Auxilio Brasil, lhe renda uma empresa de lanches ou mercado, e lhe garanta um futuro promissor diante de  uma situação vulnerável.